Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘cinema’ Category

Noites de Tormenta

Pense em um clichê de romances. Pensou? Pois é, tem no filme  “Noites de Tormenta” (Nights in Rodanthe , EUA, Austrália , 2008).

O diretor George C. Wolf, retoma o casal Richard Gere e Diane Lane, de “Infidelidade” ( Unfaithful, 2002). Atores bons, filme péssimo. É uma junção de TODOS os clichês possíveis. Dá até pra rir no final.

Fica o alerta, para poupar-vos do desagrado.

Anúncios

Read Full Post »

1) O Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças (Michael Gondry, 2004)

2) Espíritos (Banjong Pisanthanakun e Parkpoom Wongpoom, 2004) 

3) Encontrando Forrester (Gus Van Sant, 2000)

4) Os Goonies (Richard Donner, 1985)

5) O Mágico de Oz  (Victor Fleming, 1939)

6) Um Homem de Família (Brett Ratner, 2000)

7) Cidade de Deus (Fernando Meirelles, 2002)

8 ) Delicatessen (Jean-Pierre Jeunet e Marc Caro, 1991)

9) Indiana Jones (qualquer um) (Steven Spielberg)

10) Cinema Paradiso (Giuseppe Tornatore, 1988 )

Read Full Post »

REC

rec

Mais uma vez seguirei a linha do terror. Quem gosta de tensão e sustos, deve assistir ao filme espanhol REC. (Jaume Balangueró e Paco Plaza, 2008). Quem não gosta, deve manter distância.

Já assisti a muitos filmes de terror, mas nesse cheguei a fechar os olhos! Dá muito susto. O suspense psicológico é fortíssimo, fiquei meio sem respirar, claustrofóbica, sei lá. Teve gente que saiu no meio do filme.

Quando o filme terminou eu estava literalmente cansada, parecia que não acabava nunca. Mas por incrível que pareça, o longa tem apenas 85 minutos.

Read Full Post »

Mon Meilleur Ami

Venho brevemente anunciar o filme “Mon Meilleur Ami” (“Meu Melhor Amigo” – Patrice Leconte, França, 2006). Aluguei porque vi na prateleira e me lembrei de já ter visto um trailer do filme. Por isso gosto de trailers, eles ajudam as pessoas que alugam muitos filmes, como eu. Pois bem, o filme é gracioso do início ao fim. Tem aquele humor francês, que dizem que só os franceses entendem. Eu gosto. Mas no fundo ele é mais drama, e discorre sobre a amizade.

François (Daniel Auteuil) recebe o desafio de sua sócia, alegando que ele não tem amigos, de apresentar seu melhor amigo em 10 dias. Ele aceita a aposta e a partir de então tem um tempo limitado para encontrar um amigo. Cada cena é um aprendizado sobre o que cada um pensa sobre a amizade. A questão é: o que comprova que duas pessoas são amigas? Como resposta surgem diferentes conceitos, diferentes situações, mas o mesmo sentimento. O filme nos leva a questionar quem são nossos verdadeiros amigos, e até onde iríamos por eles. 

É uma sutil reafirmação da antiga idéia de que é difícil ser feliz sozinho.

Read Full Post »

Io non ho paura

O filme “Io non ho paura”, de Gabriele Salvatores, é digno de nota. Em português o filme se chama “Não tenho medo”, e tem uma capa que parece de filme de terror, mas não é.

É um drama que discorre sobre a relação de amizade, a relação da família em meio ao que é certo ou errado, coragem, segredos e decepção. Tudo com uma luz clara, cores, risos de criança e uma fotografia linda. Quando o filme acabou eu fiquei olhando pra tela e falando: “MA-RA-VI-LHO-SO”!

 

Read Full Post »

Cara, que gracinha! Ela é a adolescente mais legal que existe, sem noção. O filme é leve, simples (como eu já afirmei que gosto) e delicioso!

Novamente, não apresenta nenhum tipo de discussão intelectual (ao menos não como objetivo-principal-óbvio), mas vale a pena pra distrair. 

Read Full Post »

Assisti ao filme Leões e Cordeiros (Lions for Lambs, Robert Redford) ontem. Quer dizer…dormi em Leões e Cordeiros ontem. A parte dos soldados era legal, a parte do professor e aluno muito legal, mas aquele debate entre Meryl Streep e Tom Cruise?…dormi e sonhei. Eu sei que deveria ser interessante, a crítica sobre o debate político típico americano, de que na Guerra o que vale é a Vitória, e tal. Mas acho que eu teria escolhido uma edição diferente, menos pingue-pongue entre as cenas, pra não cansar tanto.

Mas adorei o aluno inteligente que quer ter uma vida pacata. Não vejo nada de errado nisso, apesar do professor querer convencê-lo do contrário. Claro, o aluno era mais motivado antes de se acomodar, quando tinha idéias legais contra o sistema americano, e o professor tentava reviver este ânimo perdido. Mas meus olhos nem assim resistiram.

Enfim, não vi o final do filme. Quem for ver e achar bom, me conte depois.

Read Full Post »

Older Posts »